16 de novembro de 2016

Como capturar a alegria em fotos com crianças

Todos gostam de fotografias espontâneas. Sorrisos genuínos, gargalhadas, caretas engraçadas. Expressões verdadeiras. Pode parecer fácil, mas uma das principais dificuldades apresentadas por meus alunos é exatamente a direção. Na fotografia lifestyle praticamos o que chamo de “direção que leva ao espontâneo”. A ideia é exatamente promover situações que farão nossos modelos rirem, se olharem e nos proporcionarem as tão desejadas “fotos espontâneas”.

Fotografia de Família

Pensando nisso, hoje trago aqui três passos básicos que uso nos meus ensaios e que estamos praticando no Práxis, meu curso de formação de fotógrafos de família. Espero que com eles, os fotógrafos que acompanham o blog possam conseguir mais fotos divertidas e cheias de alegria  (e as mamães e os papais que nos acompanham também, claro!). Vamos lá:

1) Decisões do Fotógrafo

Antes de mais nada, é importante pensar como fotógrafo: enquadramento, luz, cor, composição.  Qual é o melhor local para posicionar meu cliente? Antes de começar a dirigi-los, escolha aonde quer fotografar. Onde a luz está boa, o fundo é bonito e limpo e funciona com o tipo de imagem que quero criar? Depois disso, ajuste sua câmera. Faça alguns cliques de teste. Só depois disso comece a fotografar e a propor brincadeiras.

lucasjulia-24

2) Gere Expressões e Crie Alegria

Se você quer produzir imagens que mostrem alegria, que provoquem sorrisos, esses sentimentos precisam ser genuinamente expressados por seus modelos. Parece difícil? E é! Mas a boa notícia é que você pode provocá-los de diversas maneiras. Por exemplo, num ensaio de família, converse com as crianças, conte para elas uma história “fantástica” sobre um “ET misterioso que vive na sua casa”, brinque de “quem rir primeiro perde”, faça cócegas em seus pés, cheque se tem chulé. Resumindo: estabeleça uma relação com as crianças e brinque! Brinque muito! Se divirta junto com elas.

storyboard009

Um dos grandes erros dos pais é falar repetidamente para os filhos que aquele é o dia das fotos, que eles devem se comportar e que, se sorrirem para a câmera, ganharão um sorvete ou bala. As crianças chegam para o ensaio achando que vai ser muuuito chato! Afinal, para valer uma promessa de doce, não pode ser coisa boa! O ensaio deveria ser um momento gostoso em família e cabe ao fotógrafo proporcionar essa experiência. Quanto menos cobrança for colocada em cima das crianças, melhor. Explique isso aos seus clientes.

fotografia de familia

Com os pais, converse! Pergunte como descobriram que estavam grávidos, qual foi o dia que seus filhos os deixaram mais orgulhosos e por aí vai… Você vai ver como a expressão deles vai mudar de “super-nervosos com a sessão de fotos” para a espontaneidade que tanto desejamos.

Para as fotos da família completa, proponha brincadeiras entre eles. Pega-pega, ataque coletivo de cócegas, todos pulando na cama… qualquer bagunça está valendo! E lembre que eles não precisam parar e olhar para a câmera. Basta se divertir!

storyboard009

3) Se jogue no chão, se for preciso

É muito importante fotografar de vários ângulos e com diferentes lentes e enquadramentos. Quando fotografamos crianças e famílias, vale tudo: chão, altura dos olhos, de cima e o que mais vier na hora. Não tenha medo de sujar ou parecer ridículo. Garanto que o resultado vai valer a pena. Tente sempre fazer melhor.

storyboard464

GOSTARIA DE APRENDER MAIS? CLIQUE PARA CONFERIR NOSSA AGENDA DE WORKSHOPS!

 

Comentários
Adicionar comentário